terça-feira, 20 de dezembro de 2016

FELIZ NATAL: Santa Sara Kali


Santa Sara que se refugiou no mar
Jesus Cristo chegou para Te salvar
Auxílio que protege os abandonados
Que abraça os que são discriminados
É Natal, e está luzindo num lindo altar...
Negra como a noite e tem o brilho do luar
Protetora dos Ciganos e de quem precisar
Para o infinito de bênçãos irei me ajoelhar
Presença de pura luz que ilumina o nosso mar
Caminhando com ela o meu coração se aquece...
Vivencio uma paz infinita ao terminar esta prece! 

Janete Sales Dany
Todos os direitos reservados
Poesia registrada na Biblioteca Nacional

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Santa Sara kali - Padroeira dos Ciganos

Salve Santa Sara Kali
Padroeira do Povo Cigano
Santa dos esquecidos e injustiçados

Altar para Santa Sara


Tenho um belo altar para Santa Sara
O recanto onde acalmo minhas dores
A proteção que não me desampara
O clarão que desfaz os meus temores

Eu faço oração para Santa Sara...
No meu caminho vão nascendo flores!
Profundo enlevo que não se compara
Rosas Frondosas de diversas cores

Louvação que ilumina o meu viver

Santa que entrega a Deus o meu dizer

Luz que sempre acalenta minha vida

Os ciganos são firmes nesta glória
Santa Sara traz fé na trajetória
Declaram toda graça recebida

Janete Sales Dany

Poema @protegido por lei
Registrado na Biblioteca Nacional
T5721100

 Altar para Santa Sara Kali

domingo, 2 de outubro de 2016

Benção Irlandesa

http://danysempre.blogspot.com/2016/05/gif-santa-sara-kali-rogai-por-nos-foz.html


Possa a estrada levantar-se para encontrá-lo,


possa o vento estar sempre às suas costas,

possa o sol brilhar quente em seu rosto,


as chuvas caírem macias em seus campos,

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Amante Cigano - Música



Amante Cigano
Quem tem pressa vai na frente, 
eu nasci para esperar,
Quem quiser chorar que chore, 
eu nasci para cantar.

Minha vida é a rua.
Meu país é a lua.
Sou amante cigano, 
da liberdade nua.

Sara, Maria Sara.
Rainha do manto azul.
Guarda minha morada 
nos mares do norte e do sul.

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

SANTA SARA KALÍ Mãe dos Filhos do Vento

Música linda em louvor, 
 Santa Sarah Kali...
Mãe dos Filhos do vento
Santa Sara dos Ciganos, 
das mulheres e aflitos...

sexta-feira, 15 de julho de 2016

PRECE: Santa, Santa Sara! Do perdão e amor!

Iluminada Santa Sara...
Que enfrentou os mares com destemor
Com olhos serenos repletos de amor
Luz no destino que estou a seguir
Sendo assim avanço em paz a sorrir
Dias de dor sempre virão...
Irei rezar com muita devoção
E os espinhos eu vou suportar
Mesmo com lágrimas no olhar
Gloriosa Santa Sara...
Que jamais nos desampara!
Que oferta a Deus nosso clamor
Defensora dos ciganos 
E de todos que oram em louvor
Santa, Santa Sara! Do perdão e amor!
Auxílio a todo o momento
Luz que vem do firmamento
Clarão que alcança a alma
Amparo que me traz calma
Amém

Janete Sales Dany
Poema@protegido por lei
São Paulo - Brasil
Licença Creative Commons
O trabalho Santa, Santa Sara! Do perdão e amor! de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.



Gostaria muito da sua visita em uma publicação de uma poesia minha com mais de 6.000 visualizações, entre neste link:
http://danysempre.blogspot.com/2013/11/carta-saudosa-de-uma-mae-no-asilo-para.html

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Soneto Sara Kali

Minha gente adornada de vivência
Caminha neste mundo gigantesco
Santa Sara nos dá a paciência
O deserto escaldante se faz fresco

Santa Sara está luzindo num lindo altar


Santa Sara que se refugiou no mar


Jesus Cristo chegou para Te salvar
Auxílio que protege os abandonados
Que abraça os que são discriminados
É Natal, e está luzindo num lindo altar...
Negra como a noite e tem o brilho do luar

Salve Santa Sara Kali! Caminhe junto comigo!







Salve
Santa Sara Kali
Caminhe junto comigo
No vendaval me mostre o abrigo
Na subida seja a luz lá no alto a me chamar
Se eu cair no erro seja o poder que vai me desviar
Se a doença me visitar seja a fé que vai curar a minha dor
Se eu me defrontar com o ódio me ensine a derrotá-lo com o amor
Se o meu céu estiver arruinado que a tua presença o preencha de cores
Se a minha primavera estiver tristonha quero que me oriente a plantar as flores
Se o pesar da morte ferir o meu coração que o teu abraço abrande as minhas dores
Se eu encontrar alguém que precise do meu apoio me ensine a dar a oferta certa
Se a minha paz for arruinada que eu seja persistente, e não, o ser que deserta!
Tu és a Santa que auxilia aquele que precisa achar o caminho; Tu és a saída!
Eu quero a Tua presença Santa Sara Kali; reveste de luz toda minha vida
Tu és a Santa do Povo Cigano, e também, de todo aquele que te seguir!
No meio de ambientes confusos determine à abertura e me deixe sair
Peregrinando contigo se acontecer um abalo o abrigo não irá ruir!
Jesus te acudiu no mar; A alvura da tua história eu hei de contar
Caminhou com a tristeza no peito; lutou contra o preconceito
Um amor infinito! Tu és a força de amar, Deus foi te salvar
A tua coragem é um ensinamento que eu quero louvar
Tu és a fé que faz com que eu enfrente a imensidão
Tu és o clarão que avança e dizima a escuridão!
Tu és um calor que aquece o meu coração
Aceite minha Santa esta singela oração
Caminhe sempre junto comigo
Oh, minha Santa Sara Kali!
Seja o meu abrigo!
Afaste o perigo!
Amém


Janete Sales Dany 
Poesia Registrada na Biblioteca Nacional 
Todos os direitos reservados 
T4977819


Salve Santa Sara, tchumidau thio ilo (beijo no seu coração)
Licença Creative Commons
O trabalho Salve Santa Sara Kali! Caminhe junto comigo! de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.



Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar


Oh minha Santa Sara, a tua fé derrotou a maré
Santa Sara me conduz! O teu amor por Kristesko é a minha luz
Torne visível o segredo deste chão e afaste do meu rumo toda ilusão


Eu perfumo o ar com o aroma do alecrim; eu te ofereço flores de jasmim!
Coloca em desorientação o pensamento daqueles que tramam contra mim
Mostra-me a direção e como louvor eu te entrego o manto azul da gratidão

Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar
Abençoe esta água e o que está em minha volta, socorre o meu lar!
Avise ao olho do mal, que o ódio é um mau sinal e que viver é saber amar

Que todo trabalho mal intencionado se desintegre na minha frente
Que a vala que preparam para a minha queda se feche para sempre
Oh minha Santa Sara, eu te ofereço o meu amor; alivia a minha dor!


Santa Sara - Luz e Amor


Uma Cigana se perdeu da caravana
E assim foi andando e chorando
Onde estaria o seu povo amado?
Fitava o porvir com o olhar cansado
Para Santa Sara ela pediu uma solução
Que desenhasse a descoberta no chão


Santa Sara Kali - Acróstico




Sigo a tua luz Santa Sara Kali
Abençoa o voo ágil do colibri
Na trilha eu rezo em teu louvor
Tua face é a imagem do amor
Abranda e dissolve o temor
 
Sol e lua no céu do Povo Cigano
A retidão tu dás para o desengano
Recurso tu és para os que choram
A paz surge para os que te adoram!
 
Kristesco te escoltou no mar violento
A barca sem rumo encontrou alento
Luz no olhar e os milagres surgiram
Ilha de fé para os que te seguiram
Janete Sales Dany
Todos os direitos reservados
Licença Creative Commons
O trabalho Santa Sara Kali - Acróstico de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.